28 de julho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
6/06/13 às 19h08 - Atualizado em 8/11/18 às 16h24

Orquestra sinfônica no Teatro de Arena

COMPARTILHAR

A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro vai tocar no Teatro de Arena Renato Russo. O anúncio foi feito pelo secretário de Cultura, Hamilton Pereira, ao visitar o administrador do Guará, Carlos Nogueira.

“Assumi esse compromisso quando da inauguração da Casa da Cultura. Fiquei encantado com a estrutura que a Administração construiu e prometi trazer a orquestra sinfônica para tocar no teatro de arena”, disse o secretário, que estava acompanhado na visita do diretor executivo da orquestra, Marconi Scarinci.

Hamilton não quis fixar uma data para o concerto, mas garantiu que ocorre até o final de julho. Segundo ele, além de valorizar o espaço cultural, a política da Secretaria é de levar a orquestra para mais perto da comunidade.

O secretário disse ainda que com a infraestrutura existente na Casa da Cultura e no Teatro de Arena as possibilidades da realização de diferentes eventos culturais na cidade são muitas, citando o Brasília Musical e o FestFAC, entre outros.

O administrador Carlos Nogueira agradeceu a visita e o apoio do secretário Hamilton e afirmou que a gerência de Cultura da Administração está preparando uma programação para que a Casa da Cultura e o Teatro de Arena se transforme em um ponto de referência cultural da cidade e de todo o Distrito Federal.

As equipes da Secretaria e da Administração vão definir a partir de agora as questões administrativas e técnicas para a apresentação da orquestra sinfônica no Teatro de Arena Renato Russo.

A ORQUESTRA

Fundada em março de 1979 pelo maestro e compositor Cláudio Santoro, a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro (OSTNCS) é uma das principais instituições do gênero no Brasil. Em sua trajetória de 34 anos realizou milhares de concertos, temporadas de ópera e ballet. Acompanhou importantes artistas nacionais e internacionais. Realizou gravações com repertório de música brasileira, destacando o “Sinfonias dos 500 anos” e o “Clássicos do Samba”, bem como turnês nacionais e internacionais (Itália, Portugal, Cuba e Coréia).

Entre os maestros destacam-se as atuações de Cláudio Santoro, Sílvio Barbato, Júlio Medaglia, João Carlos Martins, Isaac Karabitchewsky, Eleazar de Carvalho, Cláudio Cruz, Roberto Tibiriçá, Antonello Allemandi, Fracesco La Vecchia, Eugene Kohn e Christian Lindberg.

Dirigida atualmente pelo maestro Cláudio Cohen, possui ativa participação no cenário musical do Brasil e exterior. Solista e camerista, o maestro já gravou nove CDs e leva no currículo o Prêmio Sharp de Melhor Disco Clássico do Ano (1993), o Prêmio OK de Cultura, destaque em Música de Câmara no IX Prêmio Carlos Gomes (2006), o Prêmio Excelência ALMUB 2006 e o Prêmio Accorde Brasil 2008. A atuação profissional de Cláudio Cohen também passa pelo plano acadêmico, com parcerias em projetos culturais do MinC e como professor do Departamento de Música da UnB.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros