18 de abril

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
9/09/13 às 21h14 - Atualizado em 8/11/18 às 16h23

Nas Bagagens de Darvin no Teatro do Guará

COMPARTILHAR

Hoje, sexta-feira (13), às 20 horas, no Teatro do Guará, é o último dia do espetáculo infanto-juvenil Nas Bagagens de Darwin, com entrada franca e grande elenco.

A peça conta um aspecto da História do Brasil que é praticamente desconhecido: o encontro do cientista inglês Charles Darwin com a flora e a fauna brasileiras, o que contribuiu para a elaboração da sua teoria sobre a evolução das espécies.

Tudo começa na Inglaterra, em 1831, com os preparativos do jovem Charles Darwin, então com 22 anos, para uma viagem de reconhecimento e mapeamento detalhado do litoral da América do Sul, a bordo do navio HMS Beagle.

O espetáculo, porém, concentra-se na passagem de Darwin pelo Brasil. Apesar das condições precárias durante a viagem, ao entrar pela primeira vez numa floresta tropical, na Bahia, Darwin fica extasiado com a “…elegância da relva, a novidade das plantas parasitas, o verde vivo das ramagens(…) a exuberância da vegetação”.

Do Brasil, Darwin partiu para a Terra do Fogo, onde descobriu fósseis importantes, como o Toxodon, com uma curiosa estrutura de paquiderme e dentes de roedor. Antes mesmo de chegar às ilhas Galápagos, Darwin já intui sua teoria da evolução, que explicará somente 20 anos depois no livro “A origem das espécies, através da seleção natural”.

Com direção de Cláudia Leal, a peça estreou em 2008 e integrou a homenagem feita pela Cia Daqui aos 200 anos do nascimento do naturalista inglês Charles Darwin, e aos 150 anos da publicação de seu célebre livro “A Origem das espécies”.

Para a turnê 2013, que contará com cenário do artista Andrey Hermuche, a companhia criou uma relação de proximidade entre o público e as teorias de Charles Darwin, um dos cientistas mais importantes do mundo, ao contar o começo da carreira do jovem de 22 anos, ainda em busca de sua orientação profissional.

Nas Bagagens de Darwin propõe um diálogo com a plateia sobre a atual situação do planeta Terra, ressaltando os questionamentos relativos aos efeitos de certas atividades do ser humano sobre o meio ambiente e de interesse pela diversidade das formas de vida.

A Cia Daqui, composta por profissionais confirmados em teatro infanto-juvenil, atua, desde 2005, na cena teatral brasiliense com um repertório variado de espetáculos: “Daqui, dali, dacolá…as três cores do Brasil”, “A história de Agá e de Ó”, “A busca do tempo perdido”, “Dalton e a química de hoje”, e “Nas bagagens de Darwin”.

Nascida no Rio de Janeiro, a diretora Cláudia Leal veio para Brasília em 1971. Sua relação com o teatro infantil vem de longe, pois seus pais tinham uma escola de ensino experimental no bairro do Jardim Botânico. Ela iniciou sua carreira há 30 anos em Brasília, fundando o primeiro grupo de teatro infantil da cidade, o Idéias Coloridas. Mudou-se para a Espanha e depois para a França, onde residiu e trabalhou por 17 anos com as companhias teatrais Maboul Circus Théâtre, Le théâtre du Petit Pierre e Les Comédiens Associès. Desde então trabalha com criação de espetáculos infantis, cômicos e educativos.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros