15 de abril

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
26/11/13 às 16h44 - Atualizado em 8/11/18 às 16h23

Ciclovia ganha sinalização

COMPARTILHAR

Concluída a etapa de asfaltamento, começou a sinalização da ciclovia do Guará. Nesta fase, todo o eixo da ciclovia é marcado com linha amarela descontínua, dividindo as duas faixas e as bordas marcadas com linha branca contínua.

Na segunda etapa de sinalização, a marcação irá constar de setas indicando os sentidos da ciclovia e placas de Pare, antes das vias que cruzam com o trajeto, além de desenhos de bicicletas que serão pintados no chão.

Na terceira e última etapa a ciclovia vai receber sinalização vertical, com placas amarelas indicando que o local é uma ciclovia. Todo o trabalho deverá estar concluído até 20 de dezembro deste ano.

A obra da ciclovia teve início na QE 08, do Guará I, passou pelas QEs 10, 12, 14, 16, 18, 20 e 22 até o bicicletário da Estação do Guará, e vai até o terminal rodoviário, próximo da QE 19/21, do Guará II. Com oito km de extensão, a ciclovia ocupa o mesmo percurso da antiga, só que a pista foi ampliada na largura.

Segundo o administrador Carlos Nogueira, melhorar a mobilidade urbana é garantir mais qualidade de vida para o trabalhador, o estudante e para aqueles que usam a ciclovia para lazer e recreação.

Executada pela Novacap, com o apoio da Administração Regional, a ciclovia do Guará é parte do plano de mobilidade urbana do GDF, que prevê o estímulo ao uso de bicicletas por razões ambientais, urbanísticas e de saúde.

O plano prevê a construção de uma malha de 600 km de ciclovias e ciclofaixas integrando todo o Distrito Federal, que colocará o sistema local como um dos maiores do mundo.

Além disso, o plano terá programas para o uso das magrelas para o transporte escolar, a criação de faixas de lazer aos fins de semana e de um sistema de empréstimo de bicicletas públicas, além de ações de educação para o trânsito e respeito ao ciclista.

CALÇADÃO DE PEDRA PORTUGUESA

O calçadão de pedra portuguesa, que segue paralelo à ciclovia, será substituído por uma pista de caminhada com asfalto idêntico ao existente no Parque da Cidade.

O processo para a contratação de uma empresa para executar o serviço está em análise na Procuradoria do GDF, como determina a legislação. Quando a documentação retornar à Administração, o processo licitatório é aberto. As pedras portuguesas serão aproveitadas em outros espaços públicos.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros