07 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
1/12/16 às 15h26 - Atualizado em 4/02/19 às 15h07

Novas quadras do Guará recebem autorização para construção

COMPARTILHAR

QE 56, primeira quadra a receber alvarás, conta com 405 lotes

Teresa Dias, de 56 anos, está prestes a realizar o sonho da casa própria. Depois de 21 anos de espera, receberá do governo de Brasília, em evento no Salão de Múltiplas funções do Guará II no próximo sábado (3/12), o alvará de construção. Ela ressalta a alegria por ter conquistado o seu terreno regularizado. “É uma felicidade enorme, me sinto prestigiada. Quando você mora em um lugar invadido, é considerado como ninguém. Hoje, adquiri dignidade”, resultado de uma vida de luta à frente da Associação de Moradores, Ocupações Históricas das QE 38 e 40 e Inquilinos do Guará (Amohiguar-DF).

No Guará, foram contemplados 14 grupos de associações cadastrados pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab). As cooperativas habitacionais de trabalhadores tiveram prioridade na aquisição de áreas públicas urbanas destinadas para moradias. Os locais destinados na cidade são as QE 38, 44, 48, 50, 52, 54 e 58 do Guará II.

Os terrenos designados para a construção das novas moradias, recentemente, receberam um mutirão de limpeza com caminhões da Novacap, para a retirada de entulhos e lixo verde. A Administração Regional do Guará executou serviços de roçagem na área.

Os trabalhos cumprem a exigência dos demais órgãos públicos envolvidos, como a Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap), responsável pela medição dos lotes – uma das etapas para o início das construções. Somente na Quadra 56 serão erguidas 405 casas, de acordo com edital da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab).

Sobre as Novas Quadras

Em janeiro deste ano, foi sancionada pelo governador a lei que define os parâmetros de uso e ocupação do solo para essas áreas (origem no Projeto de Lei Complementar nº 33). A partir do texto, foi possível elaborar critérios urbanísticos e viabilizar a demarcação dos lotes, que será feita em parceria com a Codhab.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros