27 de julho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
3/09/19 às 17h45 - Atualizado em 5/09/19 às 9h11

Força-tarefa GDF Presente retorna ao Guará

COMPARTILHAR

O GDF Presente está de volta ao Guará depois de um pouco mais de um mês de sua primeira passagem na Região Administrativa . A força-tarefa de serviços inicia-se na quinta-feira (05), permanecendo na cidade até o dia 12 de setembro. O programa, em parceria com órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF), irá intensificar as ações de conservação e manutenção, como: tapa-buraco, poda de árvores, limpeza de bueiros, entre outros serviços. As ações  atendem às demandas da comunidade colhidas por técnicos da Regional no dia a dia nas ruas e, também, por meio das manifestações registradas pela comunidade via Ouvidoria.

Ações

Em julho, o mutirão de serviços retirou aproximadamente 83.250 toneladas de entulhos das vias públicas, o que equivale a 25 caminhões cheios de lixo. A força-tarefa de limpeza atendeu endereços mais demandados pela população, sendo a QE 40, Polo de Modas, Avenida Contorno, SOF Sul, praças. parquinhos em todo o Guará e as regiões de transbordo.

Além desses locais, ainda há os conhecidos pelo contínuo acúmulo de lixo: QE 18, QE 38, Colônia Agrícola, área da Tasa, próximo à QE 46 e as quadras 48 a 58, mas que foram atendidas pelo GDF.

Além disso, somam-se a essa quantidade, o recolhimento dos restos de poda, capina, roçagem e materiais retirados durante a desobstrução e limpeza das bocas de lobo durante a passagem do GDF Presente na cidade.

Dentre as demandas, destacaram-se ainda as ações de tapa-buraco. A operação figurou a lista de atendimentos mais solicitados. Para sanar as demandas, foram utilizadas 34.750 toneladas de massa asfáltica. Os locais atendidos proporcionarão mais conforto e segurança aos motoristas e pedestres.

GDF Presente no Guará

GDF Presente

O GDF Presente nasceu para ser uma estrutura perene do SOS DF, realizado no primeiro semestre da atual gestão, com números positivos e, principalmente, o reconhecimento da população pelos reparos feitos em cada região administrativa. Nessa nova missão, o foco é conectar dirigentes e comunidade com menos burocracia em busca do serviço público de excelência.

O SOS DF resolveu, por exemplo, problemas de entulho, buracos nas vias, lixo, equipamentos quebrados e outras situações de abandono. Foram mais de 60 mil ações que deram uma cara nova à cidade com investimento de baixo custo em uma época de escassez de recursos públicos.

A fim de organizar e agilizar o atendimento à população, o GDF Presente foi dividido em oito polos urbanos e um rural, de acordo com a disposição geográfica. As atividades também conectam o cidadão às administrações regionais, empoderadas pelo programa com a capacidade de resolver problemas e atender sugestões, mesmo não dispondo de autonomia financeira, como afirmou o subsecretário das cidades, Gustavo Aires.

Com informações da Agência Brasília

 

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros