30 de julho

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
7/11/19 às 16h40 - Atualizado em 7/11/19 às 16h40

Guará promove ação de saúde em alusão ao Novembro Azul

COMPARTILHAR

A Secretaria de Saúde por meio da superintendência responsável por coordenar a região de Saúde Centro-Sul do DF (Guará, Núcleo Bandeirante, Riacho Fundo I e II, Park Way, Candangolândia, Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), Setor Complementar de Indústria e Abastecimento (SCIA) e Estrutural) em parceria com a Administração Regional do Guará, promove entre os dias 8 e 12 de novembro de 2019, ações de saúde para os homens em alusão à campanha nacional, "Novembro Azul".

Serão instaladas tendas de atendimento à comunidade na entrada da Feira do Guará   (dia 8 de novembro) e no Setor de Oficinas da QE 40, com  horário de atendimento das 7h30 às 11h nos dois locais.

O objetivo é sensibilizar e conscientizar a população masculina sobre os exames preventivos ao câncer de próstata.

A Secretaria de Saúde oferecerá testes rápidos de hepatite e HIV, exames de PSA Total e Livre, aferição de pressão arterial e glicemia.

“A ação em parceria com a administração na Feira do Guará, inaugurará o Novembro azul itinerante na Centro-sul.O intuito é levar saúde por meio da prevenção ao local de trabalho dos homens. Faremos ações em feiras e oficinas em algumas regiões administrativas com foco, principalmente, nos trabalhadores", destacou a Superintendente da Região de Saúde Centro-Sul, Moema Campos.

A Adminstração Regional do Guará também irá disponibilizar  informações sobre os serviços da pasta como o projeto "Guará sem Lixo" com a Ecolix  da Green Ambiental(local para descarte de vidros), o contêiner de lixo eletrônico e o recipiente de coleta de óleo de cozinha usado da parceria com a Caesb pelo projeto Biguá.

"É uma ação conjunta importante para a nossa comunidade. Incentivar a prevenção sempre será a melhor política pública para desafogar os hospitais e melhorar a qualidade de vida das pessoas. Nosso desejo é aproximar cada vez mais a agenda da regional com a agenda da saúde", ressaltou a administradora regional, Luciane Quintana."

Sobre o câncer de próstata

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de próstata, segundo tipo mais comum entre os homens, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. Perde apenas para o tumor de pele não melanoma e mata um homem a cada 38 minutos.
As maiores vítimas são homens a partir dos 50 anos, além de pessoas com presença da doença em parentes de primeiro grau, como pai, irmão ou filho.

A Sociedade Brasileira de Urologia orienta que a visita ao urologista, para avaliação da próstata, seja feita a partir dos 50 anos de idade para todos os homens. Para os afrodescendentes e pessoas com histórico familiar de câncer na glândula, as consultas devem começar aos 45.
 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros