07 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
15/12/20 às 10h47 - Atualizado em 15/12/20 às 11h01

Plantio de 500 mudas nativas no Parque Ezechias Heringer

COMPARTILHAR

Um legado para as gerações futuras. Na manhã desta segunda-feira (15), o Parque Ecológico Ezechias Heringer recebeu mais 500 árvores nativas do cerrado. Com o apoio da Administração Regional do Guará, o  Comitê Voluntariado Ambiental  do Programa Voluntariado da Vice- presidência da Câmara Legislativa do Distrito Federal reuniu voluntários para sua primeira ação de reflorestamento. A ação foi realizada em parceria com a Companhia Urbanizadora Nova Capital (Novacap) e Brasília Ambiental (Ibram). 

 

"O parque é de gestão do governo, mas o local é da comunidade para a prática de atividades físicas, de lazer e de convivência, além da sua importância para o mei ambiente", destacou a administradora regional, Luciane Quintana. 

Na ocasião, a superintendente do Instituto Brasília Ambiental, Rejane Pieratti, destacou que a época das chuvas no DF faz com que a sociedade civil fique ávida por plantar. “O Brasília Ambiental conta com 82 unidades de conservação, sendo 26 parques disponíveis à comunidade, que podem contribuir com ações como essa. A parceria é muito importante para a manutenção das Unidades de Conservação”, aponta.

Para o vice-presidente da CLDF, deputado Rodrigo Delmasso, a escolha do Parque Ecológico Ezequias Heringer para a primeira iniciativa do Comitê reflete a conexão histórica dos moradores do Guará com o local. “Havia essa demanda da comunidade muito grande para a remoção dos invasores que estavam dentro do parque”, conta o parlamentar, que também adiantou que mais três parques ecológicos do DF receberão ações semelhantes. Entre eles, o Península do Lago Norte, o Bernardo Sayão e o Parque Três Meninas.

Entre as espécies a serem plantadas estão: araçá do campo, angico, jenipapo, aroeira, urucum, ipê amarelo, ipê rosa, ipê branco, jacarandá, xixa, buriti, pitomba, mirindiba, fedegoso, sangra d’água, cajuzinho do cerrado, uvaia e cagaita.

No domingo (13), o local recebeu 250 mudas oriundas pdo movimento "Tempo de Plantar" projeto anual que visa arborizar parques. Totalizando nos dois dias, 750 novas árvores no Parque Ezechias. 

Engajamento – Criado no dia 12 de novembro, o Comitê de Voluntariado Ambiental trabalha por meio do engajamento voluntário de servidores da Casa e de outros membros da sociedade civil. O programa promove medidas para recuperar áreas degradadas, com a sua revegetação com espécies nativas e exóticas, estimulando o plantio de árvores nativas, além de realizar debates e palestras voltados para a educação ambiental.

“Ações como essa buscam conscientizar a população contra os crimes ambientais e resgatar a solidariedade também para a questão ambiental”, destacou a presidente do comitê executivo do Programa de Voluntariado, Rafaela Abrantes.

 

Com informações do Brasília Ambiental

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros