24 de outubro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
17/12/12 às 2h00 - Atualizado em 8/11/18 às 16h29

Carreta da mulher no Guará

COMPARTILHAR

O Centro de Saúde nº 01, ao lado do Hospital do Guará, foi o local escolhido para abrigar a Carreta da Mulher na cidade. As mulheres terão até o dia 04 de janeiro de 2013 a oportunidade de fazer exames de saúde preventivos, de graça. São oferecidos exames de mamografia, assim como outros preventivos na área ginecológica e ecografias diversas (sendo que este é necessário que a paciente leve o pedido médico).

O atendimento é realizado de 2ª a 6ª feira, das 8 às 12 e das 13 às 17 horas, com distribuição de senhas por ordem de chegada, a partir das 7 horas. O atendimento diário é de 150 pessoas, sendo 50 para cada especialidade. Para a consulta é necessária a apresentação do documento de identidade, comprovante de residência e o cartão do SUS – caso a paciente não tenha, este é feito na hora.

A mamografia é fundamental para o diagnóstico do câncer de mama. O exame detecta a existência de alguma alteração na mama da mulher, se houver. Quanto mais cedo o câncer for descoberto, maior a chance de um tratamento bem-sucedido. A mamografia é indicada para mulheres a partir dos 40 anos.

Para as ecografias, é necessária a apresentação de um pedido médico para a realização do exame. A ecografia, ou ultrassom, serve para observar em tempo real os órgãos do organismo, bem como é bastante utilizada para acompanhar a gestação, mostrando a formação e o sexo do bebê.

O exame preventivo ginecológico, também conhecido como Papanicolau, identifica a possível existência de alguma alteração no colo do útero. Esse exame é essencial porque o câncer no colo do útero não apresenta sintomas e é um tipo bem comum. Ele é indicado, preferencialmente, para a mulher que já teve relação sexual.

Segundo a coordenadora da unidade móvel de saúde, Fátima Rola, o Distrito Federal conta hoje com uma carreta em funcionamento. A segunda entrará em atendimento até o final deste mês e até o final de janeiro de 2013 chegarão mais três, totalizando cinco carretas da mulher.

Para a gerente do Centro de Saúde nº 01, Dra. Samara Lopes, se o serviço oferecido com a carreta acontecesse durante todo o ano, seria ideal. “Estávamos com uma demanda muito grande e com a carreta da mulher poderemos organizar os trabalhos, beneficiando a saúde das mulheres da cidade. Nossa meta é atender 2000 mulheres aqui no Guará”, disse a médica.

A professora, Jane Francisco, de 50 anos de idade, aguardava ansiosa o atendimento para fazer o exame de mamografia. “Só não se cuida quem não quer. Esse serviço que está sendo oferecido aqui é maravilhoso, perto de casa, com eficiência e comodidade. Sem falar que dependendo do exame, esperamos apenas 15 minutos pelo resultado”, acrescentou a professora.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros