27 de outubro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
27/05/13 às 12h22 - Atualizado em 8/11/18 às 16h27

Governador reafirma compromisso com a qualidade de vida da população do Guará

COMPARTILHAR

O governador Agnelo Queiroz lançou um pacote de obras para o Guará, nesta sexta (24), durante almoço com lideranças comunitárias da sexta região administrativa visitada pelo projeto Caravana das Cidades.

Principal reivindicação apresentada pelas lideranças, a revitalização do Parque Ecológico do Guará já está em andamento, e o governador lembrou a importância dos parques para a população do Distrito Federal.

“Este ano, vamos investir 100 milhões em parques no DF. Já recuperamos 32, serão 72 até o final do meu governo”, declarou, afirmando que o GDF prioriza o parque ecológico como importante ferramenta para a qualidade de vida do Guará.

Para o professor Klécius, do Fórum Permanente do Guará, esta é uma antiga solicitação da população, contemplada entre as prioridades do Orçamento Participativo. “Nove entre 10 pessoas consideram a revitalização do parque o mais importante. O parque é qualidade de vida para os moradores”, disse.

José Maria de Castro, líder comunitário da QI 09, defendeu que os investimentos no parque sejam além da compensação ambiental. “A população do Guará quer usar o parque, e quer o parque livre de invasões”, disse.

O governador reiterou seu compromisso com a qualidade de vida da população e anunciou ainda que, a partir da semana que vem, serão construídos sete quilômetros de ciclovias na cidade entre o Guará 1 e 2.

Creches

A criação de novas creches também foi uma demanda apresentada durante a reunião com as lideranças. Segundo Daiane Galdino, do Centro Educacional Santo Aníbal, o Guará não possui a quantidade necessária para a demanda da população carente da cidade.

Em resposta à solicitação, o governador informou que, já na próxima semana, a Secretaria de Educação abrirá um chamamento para novas entidades interessadas em firmar convênio com o GDF. Agnelo lembrou ainda que uma das metas mais ousadas do governo é universalizar o acesso a este tipo de instituição em todo o DF.

Somente no Guará serão construídas três novas creches, no valor de R$ 8,5 milhões, além das parcerias com as instituições privadas que já prestam serviço. Hoje, em todo o DF, 11 mil crianças são atendidas por essas parcerias. Ainda na área de Educação, o governador anunciou a construção da escola técnica do Guará na QE 19, uma obra de 7,4 milhões.

Feira do Guará

Importante ponto de comércio e lazer do Distrito Federal desde 1969, a Feira do Guará contou com a participação de representantes na atividade. O presidente da Feira, Cristiano Lages, cobrou mais fiscalização por parte da Agefis, a fim de coibir o comércio irregular. Além disso, o feirante solicitou reivindicou a cessão de transformador junto à CEB, a fim de garantir o funcionamento permanente da Feira.

O governador Agnelo Queiroz falou sobre a importância da Feira, não apenas para a cidade, mas para a economia de todo o DF. “A Feira do Guará é uma feira do Distrito Federal como um todo. É uma feira referência, potente para a economia da nossa cidade, e nós vamos dar uma atenção especial às feiras, legalizando e melhorando a infraestrutura”, afirmou.

Polo de Modas

Assim como a Feira do Guará, o Polo de Modas é um importante espaço para os comerciantes e produtores locais. A estilista Najla Maria destacou que o Polo de Modas da QE 40 é uma das maiores cadeias produtivas do DF, com 32 empresas registradas.

Muniz Antônio, prefeito comunitário da QE 40, lembrou que o local é o maior polo industrial do Guará, o maior gerador de empregos e o maior arrecadador de tributos – são mais de mil empregos na região. Muniz também reivindicou a regularização do Polo nos moldes feitos na Cidade Estrutural.

Saúde e Segurança Pública

Outras áreas também foram pautadas durante o evento, como segurança pública e a reforma do hospital da cidade. O presidente da Associação Comercial e Industrial do Guará, Deverson Letiere, demandou o aumento no efetivo de policiais nas ruas da cidade e da segurança pública como um todo. Solicitou atenção também para o aumento no número de pontos de comércio irregular. Letiere lembrou que há problemas para estacionar na cidade e sugeriu a criação de bolsões de estacionamento.

Maria de Fátima de Medeiros, conselheira do Conselho de Saúde da RA, pediu uma série de medidas no setor: construção de um hospital no Guará, reforma no Centro de Saúde nº 01, e construção de Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas (CAPSad).

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros