17 de outubro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
3/02/14 às 11h30 - Atualizado em 8/11/18 às 16h22

“A vida está acima da política”, diz Agnelo

COMPARTILHAR

Em reunião com a cúpula da Segurança Pública, o governador afirmou que a população não pode ser colocada em risco

Todas as negociações que envolvem a valorização da Polícia Militar estão e continuarão sendo feitas pelo Comando da PM. O aviso foi dado pelo governador Agnelo Queiroz em reunião com o Secretário de Segurança Pública e os comandantes da corporação.

“A Polícia Militar não tem sindicato, tem comando, tem hierarquia”, ressaltou.

O governador reafirmou que respeita o direito democrático da categoria de reivindicar, mas não vai admitir que se coloque a população em risco. Segundo ele, sem limites qualquer movimento perde a legitimidade e entra no campo da anarquia.

Agnelo Queiroz disse que a vida está acima da política e enfatizou aos comandantes “A PM é uma instituição com mais de 200 anos, muitos de vocês estão na vida militar há mais de 20 anos. Não permitam que esse movimento manche a história da corporação.”

Após a reunião, Agnelo reafirmou que não permitirá o uso político da polícia.

“Não vou admitir, em hipótese alguma, que meia dúzia de pessoas com atitudes covardes possam desmoralizar a Polícia Militar e colocar em risco a vida de um cidadão de bem”, enfatizou.

O governador lembrou que das 50 cidades mais violentas do mundo 16 são brasileiras. E destacou: “Brasília não está entre elas. Isso é fruto do programa “Ação Pela Vida”, política coordenada pelo secretário [de Segurança Pública] Sandro Avelar, e que não pode ser interrompida por conta de uns poucos com interesses nitidamente políticos”.

(C.L*)

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros