27 de setembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
29/11/19 às 9h13 - Atualizado em 29/11/19 às 17h46

Guará sem Lixo tem novo calendário de recolhimento

COMPARTILHAR

As primeiras quadras atendidas pelo "Guará sem Lixo", projeto que intensifica o recolhimento de materiais inservíveis, vidros e eletrônicos inutilizáveis retirou quase 200 materiais indisponíveis para uso e que, "encostados", nas residências dos moradores representavam riscos à saúde pública, especialmente, devido à característica principal de proliferação do mosquito Aede aegypti.

O caminhão da Administração Regional do Guará percorreu regiões críticas, identificadas com maior ocorrências de descarte irregular de lixo: QE 40, QE 38, QE e QI 18 e  Lúcio Costa, conforme apuração das equipes de manutenção e registro de manifestações na Ouvidoria pelo 162, via site: www.ouvidoria.df.gov.br ou pessoalmente, na administração regional. Os trabalhos de recolhimento continuarão na região da QE 40 e em outras áreas durante todo o mês de dezembro. 

Confira a programação de dezembro a ser realizada durante todo o dia  das 8h às 17h:

QE 42 e QE 44 – 3 e 5/12
QI e QE 08 – 10 e 12/12
QE 40 e Polo de Modas – 17 e 19/12
QI e QE 05 – 23 e 26/12
QE 28 e QE 30 – 30 e e 02/01

  Sobre o projeto Guará sem Lixo

 Com a proposta de zerar o lixo descartado irregularmente nas vias públicas, ampliar as ações educativas acerca do assunto e eliminar os casos de dengue na região, órgão disponibilizará um caminhão e funcionários para o recolhimento de móveis velhos, colchões, lixo eletrônico e garrafas de vidro de forma exclusiva. Serão dois dias inteiros separados para atender cada localidade. O morador deverá colocar os objetos na porta de casa para o caminhão levar. 

O projeto foi iniciado em setembro deste ano durante a "Semana do Cerrado no Guará" com um mutirão de limpeza nas proximidades do Sesc, no Guará I,  e além dos servidores da Administração do Guará, o time ganhou reforço de peso com a participação de educadores ambientais, servidores do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e de estudantes do Centro de Ensino 02.  Na ocasião,os participantes assistirão a uma pequena palestra sobre o tempo de vida de cada material, a importância da separação e destinação correta do lixo. 

"Essa atitude visa a diminuir ou até mesmo eliminar os casos de descarte incorreto que registramos todos os dias. Além de poluir visualmente a nossa cidade, oferece riscos à saúde pública como a proliferação de animais peçonhentos e criadouro do Aedes aegypt", destaca a administradora regional, Luciane Quintana.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros