16 de agosto

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
22/03/22 às 11h34 - Atualizado em 23/03/22 às 11h35

Seduh e Administração ouvem a população sobre a requalificação no Guará II

COMPARTILHAR

Pedido de suspensão de obra será encaminhado aos órgãos competentes

 Em três horas de reunião com a população na Administração Regional do Guará, nesta segunda-feira (21), a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) ouviu os pedidos da comunidade pela suspensão das obras de requalificação da Avenida Central do Guará II, que inclui a construção de uma ciclofaixa.

A decisão é que sejam suspensas imediatamente as futuras construções nos trechos 2 e 3, entre a 4ª Delegacia de Polícia e o final do Guará II. Este projeto será rediscutido com a população em uma audiência pública, com data ainda a ser definida. As obras já executadas no trecho 1, entre a Avenida Contorno e a QE 23, serão paralisadas e terão a devida sinalização.

“O objetivo dessa obra era trazer melhorias para o Guará. Ao ouvir a população, que trouxe uma série de preocupações e reclamações, nós decidimos encaminhar um pedido de suspensão da obra”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Mateus Oliveira.

O secretário lembrou que a realização da obra foi uma determinação do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), em cobrança a um Termo de Compromisso assinado em 2009 com as empresas que fizeram grandes empreendimentos residenciais no Guará II, como medida mitigadora pelas construções. “Vamos comunicar essa situação ao TCDF. Não havendo óbice, as ações discutidas aqui serão adotadas”, ressaltou o secretário.

A expectativa é que na próxima semana a equipe técnica da Seduh, juntamente com os demais órgãos competentes, retorne ao Guará para apresentar pontos do projeto que, com determinados ajustes, possam se tornar melhorias importantes. “Esses poderão permanecer. Não é objetivo do governo fazer algo que a população não esteja satisfeita”, garantiu Mateus Oliveira.

A reunião também contou com a participação da administradora regional do Guará, Luciane Quintana, e do secretário das Cidades, Valmir Lemos. Para ele, a população contribuiu com o projeto, ao mesmo tempo em que o governo deixou claro estar cumprindo uma determinação assumida há anos. “Com isso, trazemos um pouco de tranquilidade a todos e voltamos a discutir algo que seja bom para todo mundo”, ponderou.

O projeto do trecho 1 da obra passou por audiência pública em 2011 e teve a aprovação do Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do DF (Conplan). Contudo, alguns pontos foram questionados pela população. Entre eles, a redução da largura da via para abrir a passagem da ciclofaixa.

A maior preocupação dos moradores é em relação ao aumento da população do Guará II em contraposição a redução dos espaços de circulação de veículos, o que pode aumentar os pontos de engarrafamento na via central.

Informações fornecidas pela Ascom da Seduh

Mapa do site Dúvidas frequentes