08 de dezembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
31/05/22 às 10h04 - Atualizado em 31/05/22 às 10h04

Manutenção deixa praça da QI 11 do Guará I de cara nova

COMPARTILHAR

Roçagem, capina, poda de árvore, pintura e limpeza estão entre os serviços realizados no local, que conta com duas quadras, equipamento para atividade física e bancos

A praça da QI 11 do Guará I vai ficar de cara nova. Com duas quadras – uma poliesportiva e outra de areia –, equipamentos para a prática de atividade física e bancos, o local passa por ampla manutenção do GDF Presente.


Entre os serviços realizados na praça da QI 11 do Guará I, está a pintura de bancos. Próxima etapa será a limpeza das quadras poliesportivas | Fotos: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

O primeiro serviço feito foi a poda de árvores. Foram 32 intervenções, entre elas a retirada de um eucalipto que estava em más condições, com o objetivo de preparar o espaço. “Fizemos o levantamento de copa, a liberação do espaço para passeio e a retirada de galhos que estavam entrando nas quadras”, explica o encarregado da EBF (empresa prestadora de serviço para a Novacap), Douglas Martins.


O trabalho na região atende a uma demanda da comunidade da quadra

A manutenção dos outros elementos da praça é feita por dez reeducandos do programa Mãos Dadas, da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape). No primeiro dia, eles ficaram responsáveis pela capina e a roçagem, além da pintura dos bancos. Em seguida, o trabalho será de limpeza das quadras esportivas. “Tem muito mato por aqui, então é um trabalho de dois a três dias”, revela o assessor técnico da Administração Regional do Guará, Edivan Lourenço.


Dez reeducandos do programa Mãos Dadas, da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape), ajudam na manutenção do local

O trabalho na região atende a uma demanda da comunidade da quadra. “Na QI 11, contamos com a colaboração dos moradores que nos trouxeram a demanda e, em parceria, agimos para promover um ambiente mais limpo, agradável e, principalmente, mais seguro para todos”, afirma a administradora do Guará, Luciane Quintana.

Demanda da comunidade

Moradora há seis anos da QI 11, a aposentada Antônia Valdina de Souza lembra que a região estava com muitas árvores que poderiam causar algum acidente. “Esses dias mesmo eu estava pensando que seria importante fazer a poda. As árvores aqui são muito antigas e estavam com muitos galhos”, diz. “Apesar de eu não usar as quadras, acho que é muito bom que o governo esteja recuperando”, acrescenta.

O coordenador do Polo Central do GDF Presente, Carlos Alberto dos Santos, acredita que o trabalho é uma forma de garantir mais lazer para a população. “A limpeza é muito importante. Primeiro, porque a sujeira atrai desordens e vandalismo. Com as praças limpas, as mães podem levar seus filhos para brincar”, avalia.

Ação similar ocorrerá em outras praças do Guará. “Estamos empenhados em cuidar das praças da cidade com serviços de limpeza, capina, pintura e renovação da quadra esportiva. Esses locais são endereços de convivência, lazer e prática de esportes da comunidade e, por isso, a importância que damos na manutenção desses espaços”, completa a administradora.


Adriana Izel, da Agência Brasília | Edição: Claudio Fernandes
 

Mapa do site Dúvidas frequentes