04 de dezembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
10/11/22 às 10h26 - Atualizado em 10/11/22 às 10h35

Campo sintético no Guará recebe pintura e serviços de manutenção

COMPARTILHAR

Localizado na QE/QI 18 da cidade, o espaço esportivo ganhou novo alambrado e ajustes nas calçadas; equipe também trabalha em parquinhos e PEC no Guará Park

O campo sintético da QE/QI 18 no Guará está sendo recuperado. Desde segunda-feira (7), o local recebe serviços de substituição e pintura de alambrado, recuperação das calçadas e pintura das cadeiras. A ação é um trabalho da administração regional em parceria com o GDF Presente.

Adriana Izel, da Agência Brasília | Edição: Chico Neto

“A comunidade da QE/QI 18 aguardava o atendimento dessa demanda, e nesta gestão conseguimos resolver graças à força conjunta entre os órgãos do GDF”, aponta o administrador do Guará, Roberto Nobre.

Idealizador do projeto social Escolinha de Futebol de Bom de Bola, o ex-jogador de futebol profissional Edi Carlos Monteiro dos Santos, 57, comemora: “Antes, quem fazia a manutenção era a comunidade. Agora eles estão arrumando os alambrados e fazendo essa manutenção ao redor dos campos. Isso é muito importante, porque os arames estavam perigosos para as crianças”.

Santos lembra que, concluídas as obras, a população vai voltar a frequentar os espaços esportivos. “O pessoal estava deixando de usar os campos, que agora estão sendo utilizados novamente”, aponta. “A gente fica muito feliz, não só pelas crianças da escolinha, mas pelos adultos que podem voltar a praticar o esporte em um espaço digno”.

Boas condições


Mãos à obra: equipes cuidam de toda a área que envolve o campo sintético, garantindo à população conforto e segurança | Fotos: GDF Presente

“A comunidade da QE/QI 18 aguardava o atendimento dessa demanda, e nesta gestão conseguimos resolver graças à força conjunta entre os órgãos do GDF”, aponta o administrador do Guará, Roberto Nobre.

Idealizador do projeto social Escolinha de Futebol de Bom de Bola, o ex-jogador de futebol profissional Edi Carlos Monteiro dos Santos, 57, comemora: “Antes, quem fazia a manutenção era a comunidade. Agora eles estão arrumando os alambrados e fazendo essa manutenção ao redor dos campos. Isso é muito importante, porque os arames estavam perigosos para as crianças”.

Santos lembra que, concluídas as obras, a população vai voltar a frequentar os espaços esportivos. “O pessoal estava deixando de usar os campos, que agora estão sendo utilizados novamente”, aponta. “A gente fica muito feliz, não só pelas crianças da escolinha, mas pelos adultos que podem voltar a praticar o esporte em um espaço digno”.

Boas condições


Parquinhos e ponto de encontro comunitário também passam por reforma

O coordenador do Polo Central do GDF Presente, Carlos Alberto Alves dos Santos, afirma que a ação tem como objetivo devolver à comunidade um equipamento público em boas condições. “A importância é mantermos o campo limpo para as pessoas virem praticar o esporte; não ter mato em volta, não ter riscos”, diz.

Para o administrador Roberto Nobre, a recuperação traz mais segurança e comodidade aos moradores. “O Guará está cada dia melhor com ações pontuais do GDF que promovem mais qualidade de vida e bem-estar”, ressalta. “Com a parceria da comunidade, vamos ainda mais longe”.

Além do trabalho no campo sintético, a equipe do GDF Presente, que conta com apoio de 13 reeducandos do projeto Mãos Dadas, da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape), também atuou no Guará Park, trabalhando na recuperação dos parquinhos infantis e do ponto de encontro comunitário (PEC). Lá estão sendo feitas roçagem e limpeza.

Mapa do site Dúvidas frequentes