08 de dezembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
6/06/22 às 17h12 - Atualizado em 14/06/22 às 12h11

Hackacity Guará: Sete dias para conversar sobre como tornar a cidade mais inteligente

COMPARTILHAR

A Experiência Hackacity Guará, promovida pelo Codese, Secretaria de Ciência Tecnologia e Inovação e Administração do Guará, convoca os moradores para conversar sobre tecnologia e sustentabilidade

 

  Entre os dias 13 e 19 de junho, no parque Dener, no Polo de Moda do Guará, acontece uma jornada de aprendizagem e diálogo sobre tecnologia, sustentabilidade e um futuro mais inteligente para a cidade: a Experiência Hackacity Guará. São startups, produtores de games, artistas, estilistas, projetos sociais, especialistas e a comunidade discutindo os caminhos para tornar o Guará uma cidade inteligente.

“O Hackacity Guará é uma iniciativa da população guaraense em busca de soluções para tornar a cidade mais humana, diversa, inclusiva, segura, economicamente fértil e sustentável. Pautado pela Carta brasileira para Cidades Inteligentes, o Hackacity tem buscado este objetivo nos últimos anos através do diálogo entre a população e especialistas que geraram produtos importantes, como a série de vídeos sobre a história e os potenciais turísticos do Guará produzidos em 2021, com fomento da Secretaria de Turismo, conta Cristian Pereira, gestora do Hackacity Guará.

Em 2022, novamente com execução do Conselho de desenvolvimento econômico, sustentável e estratégico do Distrito Federal, fomento da Secretaria de Ciência Tecnologia e Inovação e apoio da Administração do Guará, o Hackacity Guará volta-se à preocupação com a sustentabilidade, debatendo a gestão de resíduos, geração de energia, cuidado com as áreas verdes e parques e a integração entre a população, sempre buscando soluções tecnológicas para estes desafios.

 Experiência

Não se pode discutir a cidade e as tecnologias para torná-la melhor sem as pessoas. Uma cidade inteligente é pensada para seus habitantes e por seus habitantes. O espaço urbano é ressignificado para que atenda quem o usa da melhor forma. Por isso, o Hackacity Guará decidiu convidar a comunidade para a construção destas soluções, usando um espaço que precisa ser melhor ocupado: o Parque Dener. Ali acontece a Experiência Hackacity Guará, entre os dias 13 e 19 de junho. Em meio ao parque, demonstrações de startups e tecnologia, painéis sobre como tornar a cidade mais inteligente, oficinas e encontros entre a comunidade, gestores públicos, empresas e especialistas. Principalmente, a Experiência Hackacity será um espaço de mediação de conversas entre especialistas, poder público e a comunidade sobre a cidade que queremos.

A escolha do parque urbano é proposital, por ser uma área com grande potencial subaproveitado. O Hackacity pretende discutir formas de ressignificar o parque Dener para ser, além de um espaço de convivência, um local de inovação, incentivando o cuidado com a área verde e a experimentação de tecnologias que serão aplicadas à cidade no futuro.

 Programação

 Em cada um dos sete dias de evento, sempre às 18h, acontecem painéis com especialistas e a comunidade do Guará sobre temas da Carta Brasileira para Cidades Inteligentes.

 São eles:

·         Cidade Inteligente. Qual o Guará que queremos?

·         Tecnologia e inovação para as cidades inteligentes

·         Soluções inovadoras para a preservação e manutenção de áreas verdes e parques

·         A vocação do Polo de Moda e a busca de soluções inovadoras para a indústria da moda

·         Como a tecnologias pode melhorar a gestão de resíduos no Polo de Moda e quadras próximas

·         Como a tecnologia pode alavancar o associativismo na economia do Guará

·         Tecnologia e segurança pública

 

Uma roda de conversa com as lideranças comunitárias do Guará ocupa o espaço na sexta-feira, mediada pelo ex-administrador da cidade, Joel Alves.

 Além dos painéis participativos, várias atividades relacionadas ao tema estão previstas, como a apresentação de startups. Como a InovaHouse 3d, a primeira startup Latino Americana a desenvolver uma impressora 3D para a construção civil, a Arvorah, uma plataforma digital de assistência virtual com foco na promoção da saúde e na integração do cuidado nos pacientes oncológicos, a Square City, que fomenta o ecossistema turístico e local, traduzindo a economia colaborativa e em acordo com o conceito de cidade inteligente, e a Verde Novo Sementes Nativas, uma startup de impacto socioambiental Verde Novo, um player inovador que fortalece a mão que colhe impulsionando a mão que planta, buscando trazer amplitude de impactos para a cadeia da restauração ecológica. O Senai, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, colabora com o Hackacity demonstrando seus projetos de prototipagem para a indústria 4.0 e Voz Libras. 

Os games feitos em Brasília também tem espaço no Hackacity Guará, com a participação da Associação dos Desenvolvedores de Jogos Eletrônicos do Distrito Federal (ABRING), a representante institucional da comunidade de empreendedores e entusiastas da Indústria de Jogos do DF. Os jogos dos associados estarão expostos e disponíveis para serem testados pelo público nos dias do evento.

Todas as árvores do parque Dener serão identificadas e marcadas por georreferenciamento durante o evento pelo projeto Tempo de Plantar, uma forma de garantir a preservação do que cresce ali e de conhecer melhor o parque.

Por ser um evento no Polo de Moda, diálogos sobre os desafios da indústria e tendências não poderiam faltar. No dia 16 de junho, além de um painel temático sobre o tema, a estilista guaraense Fernanda Ferrugem apresenta um desfile um desfile inédito e baseado no upcycling, com produções exclusivas e totalmente autoral. Além do desfile, Fernanda vai coordenar uma oficina de upcycling, onde os participantes poderão transformar o que estava em desuso, agregando valores a peças e objetos que seriam descartados. Antes do desfile, Valéria Lessa, Nágela Maria, Fernando Lackman, a própria Fernanda Ferrugem e outras personalidades da moda em Brasília conversam com a comunidade.

  

Arte, esporte e educação

A Experiência Hackacity Guará vai dar atenção à vocação do Parque Dener de ser uma área de lazer e preservação. Durante a semana, o Instituto Arapoti vai promover oficinas com crianças para reforçar a necessidade de preservação da área verde. As oficinas de produção de tintas naturais, produção de instrumentos musicais com materiais recicláveis, horta com vaso auto irrigável e produção de comedouros para pássaros serão ministradas para alunos da rede pública durante a semana, e ao público em geral no fim de semana. A escola de arte Espaço Sonoro vai ministrar oficinas de pintura aquarela para crianças, com a pintora russa Ioulia Minenkova, e uma oficina de canto para adultos. O artista Lemuel Gandara leva sua exposição Metamundus, uma experiência que atravessa os espaços físicos ao possibilitar a interação por meio do metaverso, onde estão os originais em NFT (tokens não fungíveis).

A escola de Futevôlei do Eduba, que já ocupa a quadra de areia do parque Dener, vai oferecer uma clínica esportiva durante a semana do evento, para quem quer conhecer o esporte. E todo dia vai ter música no parque Dener durante o evento. Apresentam-se a banda 3 e a Verotecnia, o grupo Sem Querer, cantora e compositora Mariana Camelo, Bruno Z, Eduardo Pastore, e as intérpretes Nanih Junho, Luiza Marta, Luciana Amaral e Charles Roberto. Tudo isso com feira de artesanato, foodtrucks e outras atividades ao ar livre.

Durante o evento, o parque Dener recebe também o projeto Folguedos em Arte, que reúne cinco grupos artísticos, referência na cultura popular regional.  Apresentam-se no proejto o Boi de Seu Teodoro, Escola de Samba Bola Preta, Pé de Cerrado, Circo Teatro Artetude e da Escola de Capoeira Angoleiros.

 Incubadora de games e startups

O Hackacity Guará também vai ampliar a atuação de sua incubadora de startups e games. Este processo de incubação começou em 2021 e recebeu o prêmio Cidade Empreendedora, do Sebrae-DF. Agora, este processo será ampliado tendo como premissa o desenvolvimento de tecnologias com foco em sustentabilidade, mas também oportunizando conhecimento para as startups e games que participaram dos editais de fomento no DF (StartBSB 2021 e Programa Centelha 2022 que não foram beneficiadas) de forma a se prepararem para o mercado e estarem melhor preparadas para os próximos editais de fomento no DF.

  Programação Experiência Hackacity Guará 2022

13 a 19 de junho – Parque Dener – Polo de Moda – Guará

Entrada livre

 Painéis -18h

 13 de junho Abertura – Cidade Inteligente. Qual o Guará que queremos?

 14 de junho Tecnologia e inovação para as cidades inteligentes

 15 de junho – Soluções inovadoras para a preservação e manutenção de áreas verdes e parques

 16 de junho –  A vocação do Polo de Moda e a busca de soluções inovadoras para a indústria da moda

 17 de junho – Como a tecnologias pode melhorar a gestão de resíduos no Polo de Moda e quadras próximas

 18 de junho – Como a tecnologia pode alavancar o associativismo na economia do Guará

 19 de junho – Tecnologia e segurança pública

 
 Informações da organização do evento

Mapa do site Dúvidas frequentes